Qual a importância do planejamento sucessório?

O planejamento sucessório evitará desgastes físicos e emocionais diante a dor do luto.




image

É normal haver divergências e desentendimentos entre familiares, pois nossa natureza humana contribui para isso, e quando se diz respeito a divisão de herança, os conflitos se acentuam.

Para evitar conflitos em situações delicadas e difíceis de lidar como é o momento da perda de alguém, e está resolvendo problemas no período do luto entra a necessidade e importância de fazer um planejamento sucessório. Pois, com certeza que a última coisa que o os pais querem é que seus sucessores passam longos anos discutindo a herança.

Então é necessário fazer um bom planejamento, testamento, conversar com a família, estruturar as empresas, para evitar menos impacto e discussões entre os familiares após a morte. A morte é algo certo na vida, temos vida limitada e finita, e por isso que as famílias precisam planejar a herança que irá deixar, pois esse planejamento sucessório evitará desgastes físicos, emocionais e financeiros visto que não passará longos anos esses bens em processo de inventário.

Portanto, é prioridade o ato de planejar, ou seja, realizar um projeto para que ocorra a transferência futura desses bens devendo assim ocorrer dentro dos parâmetros legais, e minimizando as dores e desgastes que advêm dessa situação, além de também evitar rompimentos familiares, algo que infelizmente sempre acontece em divisão de bens são os laços fraternos serem desfeitos por conta da herança.

Colaboração: Ermeson Miguel

https://www.instagram.com/ermeson_miguel7/?hl=pt-br

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Raquel Costa Feitosa
Carregar Mais Em Coluna Júridica

Sobre Raquel Costa Feitosa

Advogada, sócia do Costa&Miguel Advocacia, Bacharel em Direito pelo Centro Universitário- Unileão, Conciliadora Judicial pelo Tribunal de Justiça do Ceará- TJ/CE, Pós Graduanda em Processo Civil e Direito Educacional, Cristã e defensora do Estado Democrático de Direito como garantidor das liberdades civis e os direitos fundamentais do indivíduo.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.