O OUTRO LADO: Dois novos documentários sobre Michael Jackson contestam “Deixando Neverland”

IMAGEM | REPRODUÇÃO Este ano a HBO lançou um documentário sobre Michael Jackson acusando-o novamente de abuso sexual. Como efeito, Michael foi banido de algumas rádios, teve seu nome de novo envolvido nessas polêmicas e controvérsias e os produtores parecem dispostos a continuar a narrativa, já que novos episódios foram encomendados para 2020. Sendo um …




Coluna do Paulo Rossi

IMAGEM | REPRODUÇÃO

Este ano a HBO lançou um documentário sobre Michael Jackson acusando-o novamente de abuso sexual. Como efeito, Michael foi banido de algumas rádios, teve seu nome de novo envolvido nessas polêmicas e controvérsias e os produtores parecem dispostos a continuar a narrativa, já que novos episódios foram encomendados para 2020.

Sendo um produto totalmente enviesado, já que o diretor Dan Reed só mostra um lado da história, sem dar nenhuma chance a defesa do acusado, que já está inclusive falecido e foi declarado inocente em vida, o material segue com base principalmente em depoimentos de duas supostas vítimas do astro pop, Wade Robson e James Safechuck, que já tiveram ações judiciais contra Jackson rejeitadas por um juiz em Los Angeles em 2017 e algumas de suas atitudes avaliadas como bastante suspeitas ao longos dos últimos anos.

Agora, meses depois, surgem documentários novos, desta vez enviesados em defesa do cantor e dançarino. Michael Jackson: Em Busca da Verdade e As mentiras de Leaving Neverland desconstroem a narrativa defendida por Dan Reed e os acusadores baseando-se em várias evidências, argumentos – assistam aos três documentários e pensem por si só – e contrariando algumas falas equivocadas e contestáveis do produto da HBO.

Vale lembrar que Michael foi investigado pelo FBI e pela polícia de Los Angeles durante décadas, inclusive parte dessas investigações do FBI foram vazadas pelo WikiLeaks e atestam a inocência do cantor. Qualquer prova dos crimes pelos quais ele foi acusado nunca foram encontradas e ele foi declarado inocente na justiça. Seria Michael Jackson uma espécie de Lula e o diretor Dan Reed uma espécie de Moro?

Sem mais delongas, o primeiro documentário, As mentiras de Leaving Neverland, postado no YouTube com legendas:

Já o segundo, o mais famoso, infelizmente não está disponível online gratuitamente, apesar de poder ser alugado em algumas plataformas e sites. Chase The Truth, no entanto, possui trailer, veja só:

Aguardemos as próximas cenas.

Sobre Paulo Rossi

Graduando em Jornalismo pela Universidade Federal do Cariri - UFCA. Amante, principalmente da 'dúvida'. Existencialista. Sonhador. Louco.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.